terça-feira, 27 de julho de 2010

Josh Hutcherson


Voce com certeza já viu ele por aí... Eu sou apaixonado por dois fuilmes que ele fez, Little Manhattan e Ponte Para Terabítia. Ele foi cotado pra fazer Homem Aranha 4. E está num filme que vai causar um bom burburinho por aí. The Kids Are All Right, onde ele faz o filho do casal Julianne Moore e Annete Benning. No file tem Mia Wasikowska (A Alice de Tim Burton) e o sempre lindo Mark Ruffalo. A data de estreia no Brasil está marcado para o dia 20 de agosto. Vamos esperar.



Aqui o site do filme: http://filminfocus.com/focusfeatures/film/the_kids_are_all_right

Aqui uma entrevista muito bacana que ele deu pro The Vancouver Sun:


Matéria: The Vancouver Sun
Escrito por: Jamie Portman
VancouverSun.com


Essa criança está bem!

O ator de 17 anos continua bem sem o papel de Homem-Aranha.

Quando Josh Hutcherson fez o seu teste para o papel de Peter Parker no reboot de 'O Homem-Aranha', ele se recusou a deixar suas expectativas crescerem demais.
Ele se manteve bem durante a montanha de especulações, que diziam que ele era o escolhido -- especulações que alcançaram um alto nível no final de Junho, quando vários sites reportaram que ele seria o sucessor de Tobey Maguire como Peter. Os especialistas, é claro, estavam errados. Andrew Garfield foi nomeado o novo Homem-Aranha.
Entretanto, há um pequeno risco de que Josh, de apenas 17 anos, seja lembrado como uma das crianças que perdeu o papel mais disputado numa franquia de Hollywood. Depois de tudo, seu trabalho planeja coisas boas para o futuro -- e isso inclui outra participação em uma lucrativa franquia: a sequência de seu personagem em 'Viagem ao Centro da Terra'.
Conversando com os repórteres no meio de Junho, esse adolescente afável, e de cabelos escuros considerou uma "honra" ser um dos concorrentes para o Homem-Aranha, especialmente quando ele viu que disputaria com candidatos como Garfield e Jamie Bell. Ele também tentou ser realista dizendo a si mesmo, "Eu nunca vou conseguir."
Além do mais, ele já tinha outras preocupações imediatas: o lançamento do filme 'The Kids Are All Right', onde ele e Mia Wasikowska (de Alice no País das Maravilhas) interpretam filhos de mães lésbicas, Annette Bening e Julianne Moore, e o remake de Red Dawn, que lida com uma invasão militar na America.
Josh também se manteve próximo a Carmel, um filme independente de baixa-renda sobre falsificação de arte, no qual ele também trabalhou como produtor executivo. Ele calcula que esse trabalho seja mais para o mercado de decoração, mas não se importa, já que quer desenvolver projetos variados. "Eu amo interpretar diferentes personagens... todos diferentes. E o que eu acho mais legal em ser um ator é essa capacidade de poder mudar quem você é a todo momento. Eu adoro as altas franquias de ação e aventura... e então eu adoro romper essa barreira e atuar em filmes menores, com papéis mais intimidantes."
Os projetos de risco o atraem. Nem todo jovem ator estaria pronto para interpretar o filho de um casamento lésbico, mas ele se jogou em 'The Kids Are All Right' -- não só porque isso lhe deu a chance de trabalhar com atores como Bening, Moore e Mark Ruffalo, que faz o seu pai biológico, mas também porque ele amou o roteiro. "Eu fiquei muito animado quando li o roteiro pela primeira vez. Não foi nada como já tinha lido antes. Foi tão real. Acho que a relação entre todos os membros da família, o diálogo, tudo, pareceu tão real para mim, e isso foi demais."
E sobre a coisa gay -- sem problemas.
"Eu cresci com os direitos de igualdade sendo uma das maiores morais da minha família, então eu estava confortável com isso. Eu tive vários amigos que eram gays e e eles não eram meu amigos 'gays'. Eram meus amigos."
Hutcherson que foi criado em um família muito unida, ficou fascinado com os paralelos entre o casal de lésbicas no filme -- Jules (Moore) e Nic (Bening) -- e seus próprios pais. "Minha mãe é mais como Jules: mais liberal, deixe-ele-aprender-com-seus-erros, e meu pai é mais como Nic, mais rígido. Eles meio que tem que se manter numa balança.
"Eu acho que há uma balança entre ser o pai mais liberal e o mais rigoroso, porque toda família é assim. Eu sei que quando eu queria algo, eu definitivamente falava com minha mãe. Então acho que isso é uma situação similar com a do filme: eu vou até Jules. A dinâmica é bem similar a da minha família."
Josh começou a atuar profissionalmente apenas em 2002, mas ele já venceu dois Young Artist Awards por 'Ponte para Terabitia' e 'Zathura'. Outros filme que foram nomeados foram 'O Expresso Polar', 'Férias no Trailer' e 'Cirque du Freak: O Assistente de Vampiro'. E seu parceiro Brendan Fraser conquistou um imenso sucesso com 'Viagem ao Centro da Terra', que é o motivo de uma sequência estar a caminho. Entretanto, o lançamento de Red Dawn ainda é incerto já que com sua situação financeira, a MGM não pode lidar com a venda, distribuição e divulgação do filme. Mas quando o filme alcançar as telonas, haverá muitas controvérsias com o original de 1984, que mostrou a invasão Russa nos Estados Unidos. "Dessa vez, os Chineses estão invadindo," diz Josh. "Nós modernizamos o filme para ficar mais real."
Hutcherson sabe que causou uma grande explosão em fan-clubs da internet, e está ciente de que um monte de meninas já o tem em sua lista de desejos -- mas ele acha que elas ficariam desapontadas ao conhece-lo.
"Eu sou muito tímido, honestamente. Quando o assunto é garotas, eu sou a pessoa mais tímida na face da Terra. Não consigo falar com as garotas -- fico nervoso, eu gaguejo, fico com as mãos suadas... mostro muito o quanto fico nervoso." Sendo assim, ele evita danças. "Fico feliz já que não preciso dançar, pois teria que pedir para alguma garoto e isso seria muito difícil para mim."
Mas quando o assunto é trabalho, ele definitivamente não perde as palavras.
Aos 17, ele quer garantir uma transição suave para papéis adultos.
"Eu sempre quis fazer isso, e eu sempre soube que essa transição entre um ator jovem para adulto pode ser uma estrada esburacada, às vezes. Mas eu acho, que sabendo o que eu quero fazer, acabo me sentindo cercado por pessoas que entendem isso -- meus empresários e agentes... que são meus pais."
Ele vê 'The Kids Are All Right' como parte do processo, uma "transição de um ator jovem em um filme orientado para uma família mais adulta." Então, há também, Carmel, onde ele estrela ao lado de Alfred Molina e Lauren Bacall. "Foi um projeto realmente legal, sobre um garoto que é prodígio em arte e se envolve com um cara que falsifica quadros de milhões de dólares."
Quanto a ser produtor nesse filme, foi mais do que ter apenas o nome aparecendo nos créditos, foi um passo para a concretização de um sonho. "Eu estava definitivamente envolvido," diz Josh. "Foi um filme de baixíssima renda, e eu peguei um pouco de tudo que já tinha conseguido em outros filmes e coloquei a bordo desse, então eu meio que ajudei o filme a ser produzido e tal."

3 comentários:

gabriela disse...

Ai ai..eu [b]AMOO[/b] os traços do rosto dele...Muito lindo

gabriela disse...

Ai ai..eu [b]AMOO[/b] os traços do rosto dele...Muito lindo

Davylle S.M disse...

Eu AMOOOOOOOO tudo nele, o rosto, o cabelo, o jeito, a fofura em abundância...... Ahhh simplesmente PERFEITO!!! 💑😍😍😍💋❤️❤️